antes que eu pudesse me dar conta

antes que eu pudesse me dar conta, desde o princípio, antes mesmo de te conhecer, já te amava. cultivava este amor repleto de promessas imprevistas, em outro hemisfério, em terras distantes, em outro continente, por cruzar mares e oceanos até me encontrar. já amava a tua cor e o teu toque, tuas ...
Continue Lendo

---

By: Poeta Jardim
Category: Poetry and poems

algo se quebrou no universo

algo se quebrou no universo e sombras emergem da carcaça do mundo com a incessante enunciação de um espaço vazio. eterna e triste é a noite, esse território onde me vejo apátrida, refugiado, imigrante, deslocado. sob o signo do improvável minhas fronteiras são traços arbitrários criados p ...
Continue Lendo

---

By: Poeta Jardim
Category: Poetry and poems

foi preciso te encontrar

foi preciso te encontrar para perder o meu chão e minha pátria, para mergulhar em exílio voluntário e esquecer o nome da terra em que piso. foi por causa de teus descaminhos que se embaralharam minhas rotas e acabei por aceitar meu destino: já não podia mais ser salvo, já não havia mais resg ...
Continue Lendo

---

By: Poeta Jardim
Category: Poetry and poems

foram eternos dias

foram eternos dias a te procurar até que enfim desistisse, guiado por uma inútil esperança até que esta em pó se desfizesse. tanto foi o tempo a te modificar que te tornaste como quando não existias. voltaste a ser como se nunca tivesse te encontrado, quando não sabia que havias nascido, algu ...
Continue Lendo

---

By: Poeta Jardim
Category: Poetry and poems

em minha boca calada guardo palavras mortas

em minha boca calada guardo palavras mortas e assisto um mundo que silencia turvo e triste, nada mais o que dizer diante desta imobilidade. a incômoda certeza de não mais estar vivo apesar das evidências. só tu permaneces, ainda que ausente. atravessas as horas como se o tempo fosse para ti um b ...
Continue Lendo

---

By: Poeta Jardim
Category: Poetry and poems