3D-Vestuário

Ah! Sádicos na proporção exataEssa turma que exala união,Sempre a postos Frente a multidão,Encaram tudo com veemência! Criativos ao ponto De criar universos paralelos,Onde se tornam o ápice De beleza, famaE indubitavelmente Uma turma única.Uma mistura de personalidad ...
Continue Lendo

---

By: Manoel Brendo
Category: Poetry and poems

Quando penso em ti

Penso em ti.Sem memórias nem contextosmas penso em ti.Quase consigo tocar a saudade de um dia ter sido feliz.Mas a ponta dos meus dedos não percorre o teu cabelo, e os meus lábios não tocam a tua face.Não sinto o teu sabor,não sinto o teu aroma,E a melodia da tua presença desvaneceu.Mas penso ...
Continue Lendo

---

By: Sofia Moreiras
Category: Poetry and poems

Vida?

É um soproQue na menor tristeza,Mesmo exacerbada,Pode ser apagada.Vida, fragilmente pode ser extinta,Repleta de seres falhos,Porém há alguns amigáveis,Que no momento exatoSe tornam absurdamente amáveis.Vida, é complexidade puraCheia de impurezas Que não tem classificações suficientes,P ...
Continue Lendo

---

By: Manoel Brendo
Category: Poetry and poems

Intangível

Se sua alma conseguisse a liberdade que anseia,Enquanto envolto em neblina observas as visitas apressadas em sua vida,A inimizade do tempo alertando o quanto és efêmero, Amargando oportunidades que deixastes escapar.As diversas faces que escondes é um presságio do seu mistério maior,Vislumbrand ...
Continue Lendo

---

By: Cintia Barros
Category: Poetry and poems

Transferências

Transferências de dorPara um papel,Em uma corQue não há vida,Apenas morte,Uma de completa veemência.Algumas podem ser com amor,Somente para não esboçar muita dorHáTransferências de vários sinônimos Que apaziguam a alma.Transferências de seres,Amáveis e imensuráveisQue transbordam d ...
Continue Lendo

---

By: Manoel Brendo
Category: Poetry and poems