Buscando por: #cronica - Limpar busca
Aranha

Lá estava ela. Com os seus pelos arrepiados, as suas patas firmes na tela e os seus olhos pretos observando-me. Imponente, desafiando-me a um duelo.Comecei espantado, nunca vi uma tão grande, mas aceitei o seu desafio. Ela estava no canto da tela da minha televisão, como se estivesse-me zombando. ...
Continue Lendo

---

By: Felipe Pinheiro
Category: Short story

aGente Jota "V" Prova numa fria

— Bom dia, Detetive.— Bom dia! - Senhor…?— Jota “V.”, ao seu dispor!— “V” o que?!— Por favor, …“Jota”!— Ok, prazer. Sou o policial designado pro caso do “serial killer”. — Mas... você não é policial! — É?— Não. — Quando vocês têm problemas com os arquiv ...
Continue Lendo

---

By: salB -
Category: Short story

Eu não me importo mais

Texto: Murilo Melo | Ilustração: Eduardo BastosCansei. E isso resume tudo que eu tenho a dizer. Eu simplesmente cansei. Desisti. E isso é a coisa mais triste que pode acontecer a qualquer ser humano. E isso é a coisa mais triste que pôde acontecer na minha vida. Não reclamo mais de nada, não ...
Continue Lendo

---

By: Murilo Melo
Category: Short story

Mas o diabo é que eu não consigo dizer não para a vida

Texto: Murilo Melo | Ilustração: Eduardo BastosLargo o texto da coluna pela metade pra ver o celular que apitou. É Júlia me convidando pra sair: “o que você acha de beber uma cerveja no Rio Vermelho?”. Estou cheio de atividades de literatura pra entregar, um roteiro enorme de programa de r ...
Continue Lendo

---

By: Murilo Melo
Category: Short story

Oprimido

Texto: Murilo MeloFoi na varanda apertada do seu apartamento. Acho super louco que palavras tenham significados diferentes apenas por causa de um fonema. Pensei nas palavras “mote”, “note”, “bote”. Ia falar sobre como, sem querer, fazemos rimas em textos. Mas você iria respirar forte, r ...
Continue Lendo

---

By: Murilo Melo
Category: Short story