No Calçadão de Copacabana

-

Font Size:

Na cidade do Rio de Janeiro,

em prosa e em verso

sob a ótica desse mineiro

nunca foi tão  bem retratado

o nosso povo brasileiro .

 

No calçadão de Copacabana, tinha um poeta

tinha um poeta no calçadão de Copacabana.

 

Sentado em um banco de cimento,

milhares de passantes

feito o passar do tempo,

diariamente,  correm em sua  rente.

 

Se os transeuntes desfilam em suas vistas,

não há como ele passar despercebido.

Visto que no calçadão de Copacabana há um poeta

há um poeta no calçadão de Copacabana. 

 

E se há um poeta no calçadão de Copacabana

existe Carlos Drumond de Andrade. 

 

 

 

Published at : invalid
Category : Poetry and poems