Ser Feminista

Font Size:

  Quando alguém me pergunta o por quê de eu ser feminista, eu sempre falo o mesmo. Clássico. "Lutar pelos meus direitos e opiniões." Para diversas pessoas, isso é o mesmo que nada. Para que exatamente eu iria atrás de mais direitos, onde a todos dizem que já temos vantagens suficientes? Ótima pergunta. Mas deixe-me esclarecer algo.

   O feminismo não é somente sobre aborto. Claro que não. Feminismo é sobre lutar para as mulheres terem o mesmo direito que o homem possui, só por ser homem. Ser feminista é acreditar que eu posso chegar em um ótima universidade, ter um ótimo trabalho e não ser sustentada por homens. Como a maioria da sociedade impõe. Essa sociedade que você julga ser normal, é a mesma que diz que lugar de mulher é na cozinha. Que diz que você deve ser mãe, e uma ótima esposa. E que diz que se você foi estuprada, é porquê estava vestida inadequadamente ou você pediu. E com isso nasceu o feminismo. Para provarmos que somos capaz de ter família, emprego, sonhos e ainda por cima ser forte. 

   Quando alguém me julga por fazer algo que na maioria é feita por homens, isso me chateia. Completamente. Ambos os sexos são livres para fazer o que bem entender. Devemos ter esse direito. Além do mais, quando homens reclamam por nós não termos alistamento obrigatório como eles, lembre-se, a lei foi posta por vocês. Cada mulher deve andar e sorrir na rua, sem ter medo de ser estuprada. Temos que ter o direito de escolher nossos empregos e nossas vidas pessoais. Devemos escolher com quem casamos. Não sermos obrigadas a fazer aquilo que o homem acha certo para ele. Se você é homem, e tem uma opinião contrária da minha, responda:

   Você trocaria de lugar com uma mulher?

Published at : 22-01-2017
Category : Articles and Opinion