Notice (8): Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE [APP/Controller/AppController.php, line 55]
- Aceitação

Aceitação

Font Size:

Aceitação

Aceitação...será?

ACEITAÇÃO.......das coisas, das pessoas, da vida

A primeira impressão que temos quando ouvimos ou pensamos em aceitar, seja uma pessoa, um fato ou uma circunstância é de que estaremos nos submetendo ou nos subjugando, desistindo de lutar, desistindo de mudar, sendo fracos.por ex.

Penso que nos meus relacionamentos, por vezes tinha dificuldade em aceitar as pessoas como elas eram, e na maioria das vezes tentava muda-las, hoje já vejo diferente, tento me adaptar ao jeito de cada um que pela minha vida passa.Me encomodava as vezes se a pessoa falava errado, se não se vestia como eu, se não gostava dos mesmos lugares que eu.... enfim.... Olhava sempre pro meu umbigo.

De verdade, se quisermos modificar qualquer aspecto da nossa vida, das nossas relações ou de nós mesmos devemos começar aceitando. A aceitação é detentora de um poder transformador que só quem já experimentou é que pode avaliar.Aceitação dum vicio, duma doença, de que as pessoas não são como queremos, aceitação. Aceitação sempre para viver melhor, não quero dizer com isso que vou me subjugar, mas quero dizer que vou tentar aceitar as coisas como elas são e me aceitar como sou, e olhem que me aceitar é brabo... rssss.

È realmente difícil aceitar perda material ou afetiva, uma situação de dificuldade financeira, uma doença, uma humilhação, uma traição, etc. Mas a aceitação é um ato de força interior, sabedoria e humildade, já que existem inúmeras situações que não podemos mudar no momento em que acontecem.A traição por exemplo sempre fez parte da minha vida, nossa! quantas vezes já fui traida, e pelomenos umas 5 vezes eu vi a traição acontecer, devo aceitar porem, que nem todas as pessoas tem o mesmo carater que eu, com certesa são falhas de personalidade, mas posso eu mudar o mundo?

Da ultima eu sai do ortodontista, parei num bar para pegar uma agua, e lá estava a "pessoa amada" beijando na boca de outra pessoa, isso doi demais, desestrutura qualquer cabeça, qualquer um pira, asseguro.

E de maneira geral as pessoas são como são, dificilmente mudam. Na verdade não podemos contar com isso. Quem muda somos nós por escolha e vontade própria, portanto, se não houver aceitação, o que estaremos fazendo é insensato, é insano. Ser resistente a isso, brigar, revoltar-se, negar, deprimir, desesperar, indignar-se, culpar, culpar-se, etc, são reações emocionais carregadas de raiva; raiva do outro, raiva de si mesmo, raiva da vida e a raiva destrói, desagrega.Hoje em dia luto comigo mesma para aceitar as atitudes do outro, tentar compreender, perdoar, e não julgar, e acima de tudo não reagir no momento do fato, seja la ele qual for, e mais dificil ainda é viver sem emoçoes, não posso ter emoção de nenhum tipo, pois dai eu ciclo, a cabeça fica tosca.

A aceitação é uma força que desconhecemos porque somos condicionados a lutar, a esbravejar, a brigar. Mas aceitar não é desistir, nem tão pouco se resignar. Aceitar é estar lúcido do momento presente como é, e se assim a vida se apresenta, assim deve ser, já que tudo está coordenado pela lei da ação e reação. No instante em que aceitamos, desmaterializamos situações que foram criadas por nós (carma) e soluções surgem naturalmente através da intuição ou fatos trazendo as respostas e as saídas para a situação. Tudo isso porque paramos de resistir à VIDA como ela se apresenta no momento.Aceitar é a melhor solução, aceitar meus gostos, minhas neuras, os gostos do outro, as neuras do outro.

A consciência de que tudo é movimento, nada é permanente, faz com que a aceitação aconteça mais facilmente. A nossa tendência "natural" é resistir, não aceitar, combater tudo o que nos contraria e o que nos gera sofrimento. Dessa forma prolongamos a situação. Resistir só nos mantém presos dentro da situação desconfortável, muitas vezes perpetuando e tornando tudo mais complicado e pesado, aquele fardo nas costas, que traz insonia, dor de cabeça, gastrite rs.. e muito sofrimento interno.

Quando não aceitamos nos tornamos amargos, revoltados, frustrados, insatisfeitos, cheios de rancor e tristeza, e esses padrões mentais/emocionais criam mais e mais dificuldades, nunca trazem solução.È aceitando que nos encontramos, encontramos a paz tão desejada.

Aceitar é expandir a consciência e encontrar respostas, soluções, alívio. Aceitar é o que nos leva à Fé. É fundamental entender que aceitar não significa desistir; seguir adiante com otimismo e ter muitos propósitos a serem atingidos é nossa atitude saudável diante da vida. Aceitar se refere ao momento presente, ao agora, no instante que você aceita, ou em outras palavras, você se entrega, novas idéias surgem para prosseguir na direção desejada, saindo do sofrimento.Não me deixo mais nesse estado de sofrimento, de apatia mental, de dor na alma, sou complicada, eu sei mas estou ótima comigo mesma, apesar da perda da cunhada, apesar do frio que me faz muito mal, apesar das chuvas que me aprisionam e me deprime, apesar de tudo, estou de bem comigo mesma, e aceitando cada dia melhor as atitudes do outro, aceitando que só posso dar o que posso dar, nada alem disso, nadica mesmo.

Quando penso o quanto já sofri por não me aceitar como era, quanto já me escondi atras de remédios de latas de cerveja, de casamento, de mulheres, enfim..... me escondi e sofri por muito tempo, e asseguro aos mais jovens não vale a pena.

Espero que minha idéia de Aceitação sirva para alguns.

grande beijo a todas e todos.

+

Published at : 14-04-2017
Category : Articles and Opinion