A Paz

Font Size:

Eles apontam as armas.

Crianças choram nos cantos. 

O sol não pertence a essa terra. 

As pessoas vivem aos prantos. 


A guerra continua. 

Eles morrem de fome. 

Quando acham comida,

Tiram a vida do homem. 


A justiça inexistente.

O preço por algo injusto. 

A guerra que todos fingem não ser nada,

As crianças morrendo diariamente por tudo. 


Cadê as boas almas?

Cadê os líderes da paz?

Cade o herói de todos?

O que esse guerra lhe trás?


Lágrimas escorrem.

O sangue se derrama.

Pessoas morrem,

Mas ninguém atinge os cheios de grana. 


Adeus paz,

Olá guerra,

Bem-vinda novamente,

Para aqueles que habitam a Terra. 

Published at : 19-04-2017
Category : Poetry and poems