Nay Kings

Artist

Bio


Posts

A fantástica fábricas de poesia

Hoje, mil poesias me vieram a mente, mas não me contentei. Nada estava decente.Hoje, minhas mãos tremem fruto de uma doença qualquer.Nos olhos lágrimas que  descem aos pés.Hoje, Sonhei com coisas que todos os dias tento matar.Sonhei com o horror dos seres pacíficos, Sonhei com a ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

O velho

  2012   O velho entrou no saguão de seu prédio, avistou sua recepcionista, lançou a mulher um olhar de desprezo, entrou no elevador que o levava para seu escritório na cobertura. –Ele está subindo! –Sério?! Eu esperava ter um pouco mais de tempo! –Mas não tem! Se apronte e boa sorte ...
Continue Lendo

Category: Short story

As mazelas dos inflados

Sempre vi o orgulho e a vaidade como sentimentos extremamente nocivos ao ser humano. Sim, sempre foi uma constatação que aprendi bem cedo através da minha saudosa bisavó. Ela costumava sentar na cadeira de bamboo da varanda e contar histórias sobre a vida, sempre admirei o quão ela podia ser ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

Canção do Adeus

Tudo parece calmo agora, dentro das velhas paredes. Mas chegou a hora de vermos o lado de fora. Temos duas formas dentro de um só coração. Iremos para fora como crianças desprotegidas. Não faz mais sentido mantermos estas paredes de pé. É mais provavel que desabem antes do fim. Somos mais fo ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems

Conheça minha dor

Meus olhos não se reconhecem mais no espelhoMeus sentidos apenas respondem ao medo.Minha dor é grande, forte e feroz, mas silenciosa.Meu lamento cabe dentro de um canto qualquer sobre rosas. Vejo o mundo a minha volta deturbar-se.Ah! Quem dera se essa dor falasse!Se falasse diria, que até tenho ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems

1° Desafio Literário Scribe

Os passos rápidos ecoavam por toda a rua vazia, a mulher de cabelos curtos e crespos abraçava o corpo com as mãos para espantar o frio. Avistou seu destino com facilidade, a uns dez metros dali, ela pode ver uma das pilastras de sustentação da velha ponte. Não teve pressa alguma ao caminhar at ...
Continue Lendo

Category: Short story

Entre paredes e sonhos

Os pesadelos são constantes, o desespero como as fases lunares. Aquele sorriso é interessante, mas não consigo senti-lo como se deve. Tenho certeza de que agora nada é como parece. Coisas vem em minha direção, mas eu não desvio. Deixo tudo vir por que não as sinto. Estou dormente.  Sinto q ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems

As perturbações da mágoa

Ela se instala em um lugar estranho entre a costela e o pulmão. Causa dores fortes nessa região. Nunca tem hora certa para surgir. Quando menos se espera ela está ali. Se fingindo de bela, para te enganar. E quando ela apela? — Céus! Como é pirracenta!  Ela forte mesmo, barulhenta e birre ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems

Category: None