William O. Costa

Artist

Bio

Um escritor cristão, criado no evangelho e servo de DEUS. Nascido em 2001, começou a escrever histórias — com a intenção de publicá-las — aos 12 anos, escrevendo a primeira edição de As Aventuras de Dan Carter no Bloco de Notas do computador. Com o tempo, além de melhorar, corrigir e revisar As Aventuras de Dan Carter, escreveu outros romances, como A Jornada do Escolhido, e vários contos, como Corações Congelados e Da Felicidade à Vingança. Depois de anos, conheceu a plataforma Wattpad, onde publicou e ainda publica vários livros para leitura gratuita na internet. Fã de filmes, séries, videogames e, é claro, livros. Seus gêneros favoritos, dos quais alguns já escreveu ou pretende escrever, vão desde fantasia e aventura até thriller policial. Tenta sempre escrever tendo a diversão, a inteligência, o amor, o bem e a fé como alicerces para seus livros, livros esses cujo objetivo sempre divertir, intrigar e inspirar. E-mail: Williamoc2015@Outlook.com Wattpad: wattpad.com/WilliamOCosta

Posts

A Estrada

   Estou andando nessa estrada, longa e árdua estrada   Ao lado dela, espinhos, deserto, não tem calçada   Nessa estreita mão direita estou indo, e seguindo   Mas a esquerda parece espaçosa, lá parece tão fácil, tão lindo   Mas algo está me ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems

A Mosca e o Cavaleiro

   Existiu, certa vez, um temido cavaleiro, lutador de várias batalhas, e vencedor de todas elas. Jamais saíra ferido, o temido cavaleiro, de uma batalha, ou de uma justa, ou de qualquer uma das guerras na qual lutou pelo reino no qual nascera. Todos, naquele tempo, conheciam o seu nome, ...
Continue Lendo

O Amor

O amor não se vê Não se ouve Não se toca Se sente Como um sexto sentido Mas do coração Não da mente O amor é o que fortalece O que dá sentido à vida Não é com força Mas com amor Que se vence a briga Se o fogo for contra o fogo O incêndio se aumentára Mas se ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems

O Tempo

O tempo passa lentamente Mas de repente Passa repentinamente Pelo que passou, não lamente Quando algo bom acaba É para outra coisa boa começar novamente O tempo passa e vai mudando tudo Ele mata, mas depois, também acaba com o luto Não adianta nada esconder O tempo revela o qu ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems

Enquanto Eu Estiver Vivo

Enquanto cantarem os pássaros na manhã muda Escreverei e digitarei para que eu não pereça Enquanto caírem as gotas da chuva Não deixarei que o mundo a minha voz emudeça Enquanto brilharem as luzes do Sol e da Lua Com minhas palavras lutarei o quanto puder todo dia Enquanto DEUS lu ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems