Notice (8): Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE [APP/Controller/AppController.php, line 55]
User profile

Dias Campos

Artist

Bio

Autor do romance A promessa e a fantasia (Promise and fantasy), ambas as versões em Amazon.com.br, 2015; autor do romance As vidas do chanceler de ferro, Lisboa: Chiado Editora, 2009;“Embajador de la Palabra”, título concedido pela Asociación de Amigos del Museo de la Palabra, 2014; 3º colocado no I Concurso de Crônicas da Academia Bragantina de Letras, 2014; ganhador do Prêmio Latino-Americano de Excelência, 2013; Medalha de Ouro no I Concurso Oliveira Caruso, 2011; vencedor do Concurso Mundial de Cuento y Poesía Pacifista, 2010; 3º colocado no II Prêmio Araucária de Literatura, 2010; membro da Asociación de Amigos del Museo de la Palabra, da Associação Internacional de Escritores e Acadêmicos, do Movimento Poetas del Mundo, da Revista Biografia, da Revista Varal do Brasil; autor de diversos textos literários; advogado, autor e coautor de livros e artigos jurídicos; e professor de Expressão Verbal desde 2000.

Posts

Somo voz

Somo voz.            Ontem à noite fui a uma exposição de arte contemporânea. Confesso, porém, que não queria ir. Mas como prometera esse passeio à minha esposa, alternativa não tive senão a de reunir as forças que me sobravam e partir para o desconhecido, demonstrando bom ânim ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

Nunca desânimo.

NUNCA DESÂNIMO... - Estamos aqui reunidos para tratar de um assunto de extrema importância e máxima urgência! Um verdadeiro escolho aos nossos legítimos interesses. – Havia apenas mais três integrantes nessa reunião. Por isso, a altiloquência da mediadora era um tanto desnecessária.   ...
Continue Lendo

Category: Short story

Como a Ferrugem e a Traça

COMO A FERRUGEM E A TRAÇA. Ontem fui ao clube. E lá tive o desprazer de reencontrar Arimaze. Concordo que o nome (mesopotâmico) causa justa estranheza. Mas, explico: se de um lado procurei acautelar-me de uma futura ação indenizatória, preservando-lhe a identidade, de outro, foi ele quem mais ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

1º Desafio Scribe de Contos

       Tão logo soube que o 1º Desafio Scribe de Contos estava lançado, Fernando pensou no filho. Se André vencesse, a decolagem seria inevitável! Ora, como uma notícia desse quilate voa à velocidade da luz, a panelinha a que pertencia o quartanista de Letras por certo já lhe teria parti ...
Continue Lendo

Category: Short story

E bastou Machado...

Bentinho já dissera em Dom Casmurro: “... que um lenço bastou a acender os ciúmes de Otelo e compor a mais sublime tragédia deste mundo.” O mouro de Veneza não havia. Havia Patrícia, esposa emotiva, leitora voraz e escritora em ascensão, e que teimara em arrumar as malas do marido recém- ...
Continue Lendo

Category: Short story

Guarda a paciência.

D. Francisca era a viúva mais rica da província de São Paulo. Carrancuda, desconfiada, mal-amada... via na única filha o refúgio de todo o seu recalque. Por isso mesmo, o ciúme que sentia de Marianinha era doentio. E, portanto, inadmissível que um dia o seu maior tesouro a deixasse para unir- ...
Continue Lendo

Category: Short story

Adorei a sugestão!

Amanhã minha mãe fará oitenta e dois anos! Mas qual o presente que se dá a uma senhora que alcançou tal idade, e que, em tese, já ganhou de tudo um pouco?Seja como for, há exatos nove anos repetia para mim essa mesma pergunta, dias antes dela enviuvar. Por óbvio que a comemoração do aniver ...
Continue Lendo

Category: Short story

Um diálogo visionário.

            A tarde outoniça incitava os desditosos à natural revolta. Mas aqueles que, como Jules, sabiam-se previdentes, organizavam-se nas horas e jamais deixavam a lareira desguarnecida. Assim, a cada vez que retornava ao lar, depois de um dia estafante na Bolsa de Valores, os molho ...
Continue Lendo

Category: Short story

A mais antiga das virtudes.

No seio de uma mesma família, é comum ocorrerm brigas entre os irmãos,  sobretudo se forem pequenos. Afinal, o presente do outro é sempre mais atraente.            Passado algum tempo, porém, eles já estão brincando, e como se jamais tivessem se desentendido. A inocência infantil ...
Continue Lendo

Category: Short story

Alegorias.

 - Fala um pouco mais sobre essa história de estilo – insistiu o terapeuta, depois de fazer algumas anotações.- Ah! Como deve ser glorioso ver-se reconhecido mundo afora por uma linguagem! E poder viver da arte, realizando-se, e saber que seus quadros são vendidos a um preço estratosfér ...
Continue Lendo

Category: Short story

Inversão de papéis.

Quando o Coronel Ermenegildo de Castro leu a notícia de que a oposição iria impedi-lo de inaugurar o tão sonhado chafariz na praça central, amassou furioso o Correio Matutino, desfiou um rosário de vitupérios e arremessou o copo de cachaça contra a parede. Afinal, ponderava, o fato de ter ma ...
Continue Lendo

Category: Short story

E a Porta se Abriu.

Se tivermos um sonho, devemos persegui-lo, pois o máximo que poderá acontecer... Será dar certo! Essa frase, de minha autoria, representa a filosofia por que sempre me guiei. Por força disso, hoje tenho o privilégio de compartilhar com todos um fato ímpar que me aconteceu.Desde a adolescência ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

Por São Paulo, até os mortos!

Dizem que mais de uma coincidência é o prenúncio do inusitado. Bem, se não dizem, digo agora, porque depois dos acontecimentos de que tomei parte, só mesmo aceitando essa frase como uma lei da natureza para conseguir justificar o que se passou comigo na noite de ontem, e na manhã do dia seguin ...
Continue Lendo

Category: Short story

Um conto (diferente) de Natal

Como sucedia todos os anos, Consumereville fervilhava à espera do Natal. Não havia, assim, um só recanto que não tivesse sido decorado com esmero, fosse com luzes cintilantes, com enfeites primorosos, ou com gravuras do Bom Velhinho. Seus habitantes seguiam rigorosamente as tradições. Assim, o ...
Continue Lendo

Category: Short story

Que guarda-chuva você carrega?

Com certeza, a parte do jornal que mais me atrai é a da cultura. As exposições de pintura, de escultura; os shows de MPB, os concertos nos parques; as entrevistas com atores, com escritores; as novidades do cinema, do teatro... tudo, enfim, é muito prazeroso, estimulante. É claro que os cadern ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

Bastava pedir.

Quando Patrícia contava oito anos de idade, seu desenho favorito era interrompido por uma propaganda em que um idoso muito simpático presenteava a esposa com uma linda rosa vermelha. Essa cena, agradável aos olhos, corriqueira entre os que se gostam, deitou no coração infantil a semente de um d ...
Continue Lendo

Category: Short story

THE KNIFE GRINDER

Every Thursday afternoon, the distinctive sound of a harmonica announced that the knife grinder was around. Antonio, the knife grinder who had reached 60 years of age, walked slowly, attentive and hopeful and, unlike some of his competitors in the trade, did not push a whole bicycle adapted as a gri ...
Continue Lendo

Category: Short story

Quanto mais me dedico, mais quês apreendo.

Concordo, em gênero e número, com a posição dos que consideram Machado de Assis o maior escritor do Brasil. Se bem que o prefira cronista a contista, e contista a romancista, a cada texto que devoro, delicio-me com sua criatividade e originalidade, e aprendo muito com sua técnica e invejável c ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

Tudo a seu tempo.

Tudo a seu tempo.Pode parecer absurdo o que vou contar, mas eu, varginhense de nascença e coração, e, portanto, acostumado com histórias de alienígenas, tive que dar o braço a torcer e acabei reconsiderando todas as minhas prevenções depois que passei o feriado de Corpus Christi em Monte Ale ...
Continue Lendo

Category: Short story

As borlas do chambre.

- Por que Machado de Assis praticamente repetiu, em A Causa Secreta, uma frase que escreveu cinco anos antes, em Quincas Borba?Por veneração, Fabrício decidira aprofundar-se na obra do filho mais dileto do Morro do Livramento. E foi assim que se deparou com aquela tormentosa questão. Para uns, ...
Continue Lendo

Category: Short story

A menina rã.

 “- A menina rã te mostrará o caminho.”Essa profecia Pedro Henrique ouviu na pré-adolescência, quando toda a parentela passava férias em uma estância hidromineral. Levados pela natural curiosidade, ele e duas primas acabaram entregando suas mãos para uma cigana que por lá buscava cl ...
Continue Lendo

Category: Short story

Reparação.

Reparação. Sempre torcia o nariz quando ouvia que “A vida imita a arte muito mais do que a arte imita a vida.” Não que algum dia Oscar Wilde me tivesse aborrecido... É que, na verdade, nunca achei um exemplo que se amoldasse às suas palavras e me satisfizesse. Mas os anos sucedem-se, e, coi ...
Continue Lendo

Category: Short story

À liberdade.

- Quem sabe se eu escrever uma carta?... Não. E a quem endereçaria? Que tal um diário? Mas que ideia sem propósito, Paolo! Como se não bastassem os seus cinquenta anos, só as meninas fazem isso. E uma poesia? Sabe melhor do que ninguém que tua veia poética deixa muito a desejar. E que tal?. ...
Continue Lendo

Category: Short story

A renúncia.

A renúncia. Idealizado por um pequeno grupo de maestros, a que logo aderiu a classe musicista, o I Concurso Nacional de Música Erudita - Solistas de Piano, que contara com o total apoio dos órgãos públicos e da iniciativa privada, já estava prestes a anunciar os finalistas. Por q ...
Continue Lendo

Category: Short story

Bumerangue.

Anteontem pedi comida chinesa no escritório. Estava boa. E ri com a mensagem contida no biscoitinho da sorte – “A mentira é como um bumerangue. Ela vai, mas ela volta.” Antes não tivesse rido, pois ontem mesmo mordi a língua. Explico-me: Perdi a hora de levantar, uma vez que esqueci de ...
Continue Lendo

Category: Short story

A busca.

Muitas crianças em período escolar não gostam da famosa frase “É hora de ir para cama”. Para elas, trocar suas preciosas diversões – TV, joguinhos, brinquedos... – por um quarto escuro é algo impensável. E se a noite for a de domingo, mais chateadas ficam, pois sabem que aquela afirm ...
Continue Lendo

Category: Short story

Aparências.

João Bosco contava, agora, setenta e quatro anos. E se refizesse as contas, muito teria do que se orgulhar e do que agradecer, por ter casado com a melhor das companheiras e por ter sido agraciado com três lindas gemas. No entanto, toda uma vida não foi suficiente para remover a mácula que fi ...
Continue Lendo

Category: Short story

Atualidades Machadianas.

Há duas semanas foram anunciados os vencedores do espirituoso Prêmio Ig Nobel, a "... paródia do Prêmio Nobel que homenageia as pesquisas que primeiro fazem rir e depois, pensar." (O Estado de São Paulo, REUTERS/Gretchen Ertl, 14 de setembro de 2017). Pois bem, se esse Prêmio tivesse sido cri ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

Meras coincidências?...

João Paulo nunca deu importância para o horóscopo. Para ele, portanto, ter nascido sob o signo de capricórnio, com ascendente em peixes, jamais influiu no seu bom humor ou pesou nas decisões que teria que tomar. Sua mãe, pelo contrário, não se atrevia a dar um passo para fora de casa sem ...
Continue Lendo

Category: Short story

Que colheita queremos?

Sentado junto à janela, indo e vindo na cadeira de balanço, Américo dividia o olhar entre os passantes e o relógio da parede. Seu sobrinho demorava a chegar, e a ansiedade o torturava sem trégua. E nesse turbilhão em que se encontravam seus pensamentos, uma dúvida insistia em se fazer ouvi ...
Continue Lendo

Category: Short story

Por que nos atraem tanto?

Muito antes da sonda Curiosity ter pousado em Marte, a curiosidade humana dele já se ocupava, sobretudo quando penso na arte, em seus diversos gêneros e nos mais variados períodos. Citarei três exemplos, que bem ilustram o que afirmei: O primeiro encontra-se na literatura. Machado de Assis, e ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

O último conserto.

Não se sabe como tudo começou, mas os mais antigos de Taquaral sempre professaram que Tenório, um ourives de antanho, tinha o poder de tudo consertar. É claro que as muitas décadas e o imaginário popular se encarregaram de aumentar um pouquinho os feitos desse senhor... Certa vez, diziam, qua ...
Continue Lendo

Category: Short story

Ode aos cinquenta.

​Ontem retomei a deliciosa A semana I, coletânea de crônicas de Machado de Assis, editada pela Gazeta de Notícias do Rio de Janeiro. E quando lia a de 25 de agosto de 1895, deparei com esta frase: “É o que te sucede, qüinquagenário que ora lês os livros de todos esses rapazes que traba ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion