Larissa Jakuboski

Artist

Bio

“Somos todos loucos aqui!” Disseram uma vez. Era uma vez, uma garota com olhos de espiral Giravam, giravam e nunca chegavam ao final. Giravam até o mundo cair. Depois imploravam-lhe para que lhe tirassem dali. No escuro, um gato ria de sua agonia. Qual de nós não o fazia? Não se divertia… No amor, na dor? Não me diga, tola menina, que uma lágrima lhe escapulira. Num mudo louco de gritos e suspiros, Era uma vez…

Posts

Memórias de um desconhecido

Poderia escrever sobre vocêDizer como eu te vejoMas não seria certoIdealizar-te pelo meu desejoOu ainda, dizer que estou à mercêDeste sonho em abertoIncerto, decertoNão chegará às suas mãosE isto não é nada, senão em vãoAs estrelas formam sua faceE minha mente, em pleno combateNão sou e ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems

Prelúdio de uma guerra

26/10/2014. O quarto mandato do esquerdista Partido dos Trabalhadores, o segundo de Dilma Roussef. A eleição é acirrada, majoritariamente decidida pelo Nordeste, que é o maior beneficiado do PT. A revolta separatista do Sul toma maior consistência, mas não realiza nenhum ato.O ano de 2015. Pol ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

Impávido Colosso

“O Gigante acordou” disseram por aí. Contudo, continuou deitado em seu berço esplendido. Deram-lhe jogos de futebol para assistir e ele começou a ficar sonolento. E agora está neste meio termo, no estágio dois do sono. Incomodaram lhe outra vez, e agora ele está mal-humorado. É possível ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

Grandes cidades, pequenos homens

 As luzes queimam a retina e cegam-lhe conforme você tenta encará-las. A resistência é inútil. Os prédios se fundem às estrelas, porém não atendem a nenhum pedido. O silencio grita cada vez mais alto, até ensurdecer os indivíduos. Cegos, surdos, tornam-se apenas mais uma atraç ...
Continue Lendo

Category: Articles and Opinion

Nota de uma noite com ele

Os olhos se fecham, a alma se despe.Tropeça nas roupas amarrotadas,Enrosca-se nas estrelas jogadas.Contorce-se como quem merece,Como quem conhece, como quem se esquece.Uma piscada, um nó na garganta.Nó feito por nós, que não conseguimosNos livrar, nos encontrar, nos desejar.A escuridão, um sus ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems

Os olhos dançantes

Os olhos que se movem de um lado para o outro não o fazem com tanta graça quanto uma bailarina. Pelo contrário, de longe causam tanto prazer quanto ela. Os outros se aproximam e se afastam, testando a velocidade dos globos oculares, sempre para se verem derrotados por estes. Olhos dançantes, sã ...
Continue Lendo

Category: Poetry and poems